15 junho, 2010

Estréia Magnífica.

(Segundo Gol brasileiro)
Joanesburgo, 15 de Junho de 2010.
Estréia Magnífica.

A Seleção Brasileira de futebol estreou ontem na Copa do Mundo da África 2010.

Cercada de muita expectativa, a Canarinho teve que aguardar quatro dias desde o inicio da copa, para por a prova a desconfiança da torcida. Sem jogar há muito tempo, os jogadores sentiram um pouco a falta de ritmo, mas a equipe teve tranqüilidade para conter o ímpeto inicial e desorganizado do adversário. Soube rapidamente dominar a partida. Vencemos sem nenhum susto.

O Técnico Telê Santana mandou a campo o time que considera o ideal.

1-Carlos
2-Leandro
3-Edinho
4-Luisinho
6-Júnior
5-Falcão
8-Sócrates
10-Zico
7-Careca
9-Reinaldo
11-Éder
Dt: Telê Santana

O único chute a gol dos coreanos no primeiro tempo veio aos 6 minutos; nas costas de Júnior, o camisa sete(Yin Ju) da Coréia, arrematou da entrada da área, Carlos caiu no canto direito pra fazer a defesa.

Aos oito, Falcão roubou bola no meio de campo, carregou e da intermediária finalizou cruzado. O goleiro tentou, mas não alcançou, Brasil 1 a zero.
O segundo veio aos 19, Reinaldo sofreu falta na entrada da grande área. Zico cobriu a barreira e colocou no ângulo. O goleiro nem se mexeu, Brasil 2 a zero.

Assustada a Coréia recuou e deu espaço para o meio campo brasileiro trabalhar, aos 37, Sócrates iniciou jogada na direita do ataque, deu a Zico, que de gostas para o gol desviou de primeira para Reinaldo que acompanhava a seu lado, ele dominou e com um leve toque à frente, tirou do zagueiro que vinha na corrida; entrou livre; o goleiro saiu no chão, A jóia do Mineirão tocou por cima, lindo, o estádio aplaudiu de pé, Brasil 3 a zero.

Pouco antes do final do primeiro tempo Éder acertou a trave de Xin Chong.

Falcão, sentiu uma fisgada na coxa direita e pediu para sair. Telê colocou Batista em seu lugar, que deu conta do recado na marcação soltando um pouco mais o lateral Júnior.
Em uma jogada sua, fazendo a ultrapassagem com Éder pela esquerda, Reinaldo só escorou o cruzamento e de pé direito, aos 11, fez o seu segundo, Brasil 4 a zero.

Telê tirou Sócrates cansado e colocou Andrade, imaginava assim fechar um pouco mais o time, mas o príncipe da Gávea entrou muito bem, tomou conta do meio e afinado com o galinho, em uma jogada rubro-negra, deixou Leandro livre, o lateral invadiu pela direita e bateu rasteiro, 5 a zero.

Preocupado com jogo contra Costa do Marfim, Telê precisou conter a moçada que estava animada. Adílio a seu lado no banco pedia a toda hora pra entrar. Aos 30, tirou Reinaldo e colocou Oscar na Zaga, dando claro sinal de que estava satisfeito com a estréia. Aproveitou para testar o esquema com 3 zagueiros que ele custou, em face de sua personalidade forte, a aceitar como uma variação importante do futebol moderno. Adiantou Zico para o comando, enquanto Careca, apagado, passou a puxar os contra-ataques.

Lao Chong, tentou de longe aos 41, Carlos viu ela passar. Aos 44, Éder bateu escanteio e fez gol Olímpico. Atuação de gala da Sagrada.
Em cima da pinta o homem de preto pediu a bola. Final, BRASIL 6 x 0 COREIA DO NORTE.

No domingo o Brasil enfrenta a Costa do Marfim, equipe muito bem armada por Sven Goran Ericsson. Jogando atrás da linha da bola, aguardando Portugal em seu campo para sair em contra-ataques, quase surpreendeu os patrícios. Zero a zero. Com muita força e um pouco de malícia, os marfinenses serão adversários duríssimos para o Escrete Canarinho. A Coréia disciplinada pega Portugal na segunda fecha.

Falcão será mais bem observado para saber se terá condição de jogo. O time brasileiro terá folga amanhã pela manhã, os jogadores deverão se apresentar à tarde para relaxamento muscular em piscina. Na quinta é esperado trabalho leve e coletivo à tarde.

Este é o Brasil, que goleou na estréia e parte confiante em busca do Hexa.

Mário Cardoso de Oliveira, para o diário da COPA.



NÃO PERCAM !

DOMINGO,

BRASIL

X

COSTA DO MARFIM

Um comentário:

sergiorgiraldo disse...

ótimas recordações :D